domingo, 4 de julho de 2010


Das coisas que vivo, sei sorrir, encantar e amar.
Das coisas que acredito, sei seguir
Das coisas que não sei definir?
Deixo entrelinhas
e espero
.
.
.
.
.
tudo se encaixar...

8 comentários:

  1. com certeza...
    tudo se encaixa...
    esse é o momento...rs
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Canto leve e sereno as vezes é só ouvir a brisa para o vento ressoar as respostas...
    Um abraço no coração.

    ResponderExcluir
  3. Eu bom demais ler você!
    Teus escritos sempre me dão aquela coisa boa, aquela sensação de "eu gosto disso"!
    Saudades, Quel... Tempo curto demais pra tanto o que ser feito...
    Um beijo e meu carinho, sempre...

    ResponderExcluir
  4. Que lindo!!!!!! Muito bonito!

    PArabéns pelo blog, são lindas as imagens e seus versos!

    Quando puder visita meu blog!
    http://viajapensamentos.blogspot.com

    Abraços,
    Márcia

    ResponderExcluir
  5. Pretendo denunciar uma situação de plágio. Já tentei fazê-lo directamente com a pessoa em causa, mas ela limitou-se a ignorar a minha chamada de atenção. Assim, com este comentário pretendo informar quem a lê da falsidade que representa...

    O que escrevo abaixo é cópia de um post que acabei de publicar aqui: http://cores-de-outono.blogspot.com/2010/08/plagio-ii.html.

    Repito que a pessoa em causa foi avisada no seu blogue, mas ignorou. Sinto-me no direito de espalhar a palavra...

    Recentemente descobri que a autora do blogue "Carpe Diem" (http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/) copiou um texto da minha autoria e denunciei a situação neste post (http://cores-de-outono.blogspot.com/2010/07/plagio.html), onde publiquei o post original (escrito por mim) e o post em que ela me copiou. No mesmo dia, enviei um comentário à autora acusando a situação e aguardei uma resposta da sua parte - por exemplo, reconhecer o seu erro e apagar o post copiado ou indicar no post a origem do mesmo. No entanto, ela limitou-se a apagar o meu comentário, como se nada se tivesse passado e mantém o texto como se da sua autoria se tratasse. Um mínimo de bom senso, inteligência e civismo é quanto basta para sabermos que devemos respeitar os direitos de autor em qualquer área, incluindo na blogoesfera. O comportamento desta "blogger" permite-me ter a liberdade de a acusar de irresponsabilidade e falsidade. Roubar textos é também querer assumir sentimentos de outros como se fossem seus, experiências vividas e sentidas por outros como sendo suas... em inglês diriam, "get a life". No Brasil talvez lhe dissessem "se enxerga menina".
    Entretanto descobri que além do meu texto ainda copiou outros, seguem abaixo alguns dos que identifiquei, com os links originais e a cópia feita pela "menina" em causa:

    Cópias que ela fez:
    Original: http://pitangadoce.blogspot.com/2006/11/sempre-atrs-do-sonho-sabem-o-que-quero.html
    Cópia: http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/2010/06/sabem-o-que-eu-queria-acordar-pela.html

    Original: http://maisumnada.blogspot.com/2009/04/digo-e-repito.html
    Cópia: http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/2010/07/digo-e-repitoo.html

    Original: http://pitangadoce.blogspot.com/2008_08_01_archive.html
    Cópia: http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/2010/07/carta-ao-meu-amigo-doutor_04.html

    Original: http://ateondevai.blogspot.com/2010/01/esmaltes-e-um-buraco-vazio.html
    Cópia: http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/2010/05/esmalteseue-um-buraco-vazio.html

    Original: http://geo-rosa.blogspot.com/2007/05/dia-37-obrigada-blog.html
    Cópia: http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/2010/05/gracas-deus-tenho-um-blog-pra-dizer-o.html

    Original: http://geo-rosa.blogspot.com/2008_09_01_archive.html
    Cópia: http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/2010/05/despertar.html

    Original: http://atomovida.blogspot.com/2010/02/quero-deixar-me-assim.html
    Cópia: http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/2010/03/esquecer-de-mim.html

    Penso que já chegam, não? Não tive paciência para procurar, ainda queria era saber se esta blogger tem algum texto escrito por si apenas, sem ser roubado...
    É lamentável. É triste. É revoltante. Por mim, vou tratar de lhe recordar a situação a ver se lhe resta um pouquinho de bom-senso.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Raquel adoro passar por aqui, estou aguardando as coisas se encaixarem para eu voltar. Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. simples e perfeito...
    da uma olhada no meu blog
    http://wwwivylima.blogspot.com/

    ResponderExcluir